X

IMRT: Uma nova opção de tratamento para os pacientes de Minas Gerais


Em 07/02/2008 às 11h29

O Físico Medico do Hospital do Câncer de Muriaé (HCM), Dr. Marcelo Saraiva, esteve nos EUA estudando uma nova modalidade de tratamento contra o Câncer para ser disponibilizada aos pacientes da instituição. Além das técnicas já disponibilizadas, a Radioterapia de Intensidade Modulada, conhecida pela sigla IMRT, será uma nova opção de tratamento para alguns pacientes que tiverem a indicação.<?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

Em entrevista ao site, Saraiva dá mais detalhes sobre o tratamento, seus diferenciais e a disponibilidade pelo SUS.

 

Informativo: Dr. Marcelo, o que vem a ser esta nova modalidade de tratamento?

 

Dr. Marcelo: A Radioterapia de Intensidade Modulada (IMRT) é uma das mais significantes técnicas avançadas em radioterapia que os EUA, a Europa e os países de primeiro mundo disponibilizam aos seus pacientes. Esta modalidade foi rapidamente difundida nos meios acadêmicos destes países pela maior probabilidade de controle tumoral e pelo menor índice de complicações.

O IMRT não é uma modalidade de radioterapia convencional, é uma modalidade onde o formato do feixe de tratamento deixa de ser estático, como a radioterapia convencional, 3D e conformacional, e passa a ser dinâmico, liberando assim diferentes intensidades de doses em diferentes regiões de interesse para o tratamento, o que diminui de modo acentuadamente significante, as probabilidades de complicações geradas pelo tratamento.

 

 

Informativo: Esta nova modalidade de tratamento, conhecida como IMRT, está disponível em outros serviços de radioterapia em Minas Gerais?

 

Dr. Marcelo: Não, no estado, somente o HCM está prestes a disponibilizar este tipo de tratamento.

 

Informativo: Porque somente este hospital em todo o estado de Minas?

 

Dr. Marcelo: Certamente pelo alto custo e pelo tempo razoavelmente longo necessário a todo o processo de implantação. Para se ter uma idéia, vale à pena contar um pouco esta historia que começou aproximadamente há quatro anos, quando o provedor e os gestores deste hospital, não satisfeitos com tamanha estrutura e capacidade de tratamento que o HCM já possuía, resolveram investir pesado em tecnologia de primeiro mundo. Surgindo a necessidade da contratação de mais profissionais qualificados, dando inicio a um incessante treinamento de toda a equipe, de modo a atingir um ótimo nível na curva de aprendizagem que se faz necessário para implantação deste tratamento capaz de propiciar excelentes resultados comparados à grande maioria dos tratamentos oferecidos hoje no país.

 

 

 

Informativo: Quem serão os beneficiados com este tratamento?

 

Dr. Marcelo: Todas aquelas pessoas que necessitarem de um tratamento oncológico que há indicação para esta modalidade poderão se beneficiar com o IMRT.

 

 

Informativo: Do ponto de vista científico, como foi a viagem aos EUA?

 

Dr. Marcelo: A viagem foi extremamente proveitosa uma vez que tivemos contatos com profissionais de outros paises como Canadá, Alemanha e também profissionais de Universidades muito bem conceituadas do próprio EUA, como é o caso da Universidade de Stanford na Califórnia onde estivemos o ano passado assistindo palestras nesta universidade que é uma das que mais publicam artigos sobre o tratamento com IMRT.

 

 

Informativo: Então, podemos dizer que o treinamento foi proveitoso para o HCM?

 

Dr. Marcelo: Sim, não só para o hospital como também para todos aqueles que irão se beneficiar de modo direto ou indiretamente deste tratamento, como paciente, familiares, amigos etc.

 

 

Informativo: Com estes constantes investimentos que o HCM tem feito, tanto em equipamentos, infra-estrutura e profissionais, o sr. tem observado algum tipo de resposta?

 

Dr. Marcelo: Com certeza, respostas a estes investimentos vêem de todos os lados. Como por exemplo, podemos citar pacientes que saem, por conta própria ou indicações, de varias regiões do Brasil para serem tratados conosco. O reconhecimento da qualidade de tratamento pelos colegas de profissão que cada vez mais indicam os seus pacientes ao HCM é também um indicador de respostas aos investimentos.

Outro exemplo de resposta aos investimentos é o tratamento de Radiocirurgia que o hospital disponibiliza aos seus pacientes desde dezembro de 2006. Pacientes de vários estados brasileiros têm nos procurado. O HCM é o único em Minas Gerais a oferecer este tratamento e pelo SUS.

 

Informativo: Dr. Marcelo, para finalizarmos esta entrevista, existe algo importante para se dizer sobre o câncer atualmente?

 

Dr. Marcelo: É importante lembrar que embora tenhamos muita tecnologia contra essa doença, a maior arma ainda é o diagnostico precoce. Portanto é muito importante que estejamos sempre em dia com os exames preventivos.

 

Compartilhe