X

Hospital do Câncer de Muriaé ganha visibilidade na comunidade médica


Em 06/11/2007 às 15h02

Durante o XXVII Congresso Brasileiro de Cirurgia, realizado dia oito de julho, em Belo Horizonte, Dr. Edson, cirurgião oncológico do Hospital do Câncer de Muriaé (HCM), apresentou seis trabalhos científicos e participou de duas mesas redondas com profissionais médicos referência na especialidade.

Em uma das conferências, o palestrante principal foi o Dr. Murray Brennan, chefe da cirurgia oncológica do Memorial Sloan-Kettering Cancer Center em Nova York, Estados Unidos,  uma das maiores autoridades mundiais em cirurgia oncológica, os demais componentes foram os Drs. Marcos Moraes e Alfredo Guarischi, ambos ex-chefes da cirurgia oncológica do INCA, além do Dr. Ademar Lopes, chefe do Departamento de Cirurgia Pélvica do Hospital do Câncer da São Paulo.

Durante o evento, Dr. Edson foi moderador numa mesa redonda sobre tumores hepáticos onde participaram médicos de renome da USP e UFMG. Todos os trabalhos apresentados foram realizados com pacientes tratados no HCM-FCV, discutidos e analisados pelos principais especialistas do país atingindo ótima repercussão. “Nosso objetivo principal é demonstrar a seriedade do nosso trabalho, pois somente apresentando e comparando nossos resultados com os das demais Instituições Oncológicas do país poderemos saber como estamos e onde e como precisamos melhorar. Não se pode avançar se não avaliarmos corretamente o que estamos fazendo, e isso é essencial para alcançarmos mais credibilidade e excelência. Esperamos continuar a desenvolver nosso trabalho visando manter nossos resultados semelhantes aos obtidos nos grandes centros e cada vez mais elevar o nome do nosso Hospital”, afirmou Dr. Edson.

 Através da ativa participação durante o evento o nome do HCM-FCV ganhou mais visibilidade na comunidade científica nacional como um centro de referência no tratamento do paciente oncológico.

Compartilhe