X

Hospital do Câncer realiza primeira videolaparoscopia avançada


Em 02/12/2008 às 08h33

O serviço de cirurgia do Hospital do Câncer de Muriaé comemorou no mês de novembro a realização da primeira videolaparoscopia avançada. O procedimento é fruto do constante investimento em tecnologia e treinamento da equipe do hospital, que se preocupa em oferecer novas possibilidades terapêuticas aos pacientes das 150 cidades atendidas.
A ressecção videolaparoscópica da glândula adrenal, ou supra-renal esquerda, foi a primeira cirurgia deste porte realizada pelo novo aparelho e foi executada pelo cirurgião e diretor técnico do hospital, Dr. Edson Ribeiro.
“A gente conseguiu realizar o procedimento totalmente por via laparoscópica, configurando que o hospital - com o esforço administrativo e da equipe médica - entrou definitivamente nesta nova fase de procedimentos videolaparoscópicos avançados.” Afirmou Dr. Edson.
A grande diferença deste tipo de cirurgia para a via convencional é que ao invés de uma incisão de 20 a 25 cm no abdômen do paciente, são feitos quatro pequenos orifícios de 1 a 1,5 cm, de onde é realizado todo o procedimento. O pós-operatório é mais rápido, sem a necessidade de uma dosagem maior de analgesia e um período de recuperação para a alta muito mais rápido.
No caso do primeiro paciente operado no Hospital do Câncer de Muriaé, a alta ocorreu no segundo dia após a cirurgia, observando-se que o procedimento aconteceu sem nenhuma intercorrência e no dia seguinte já não era mais necessário utilizar nenhum tipo de analgésico.
A videolaparoscopia avançada está disponível a todos os pacientes com indicação, tanto por convênios, como particulares e os do Sistema Único de Saúde (SUS) - sem fila de espera.




Compartilhe