X

Campanha de combate ao câncer de pele é realizada pelo sexto ano consecutivo em Muriaé


Em 16/12/2019 às 11h10

A Fundação Cristiano Varella, pelo 6º ano consecutivo, realizou a Campanha de Combate ao Câncer de Pele, na Praça João Pinheiro, em Muriaé.

O evento foi realizado no dia 14 de dezembro com a participação das dermatologistas da Fundação, Clarissa Abreu e Lívia Bastos, além de dermatologistas convidados como a Karina Fraga e Rafaela Marotta.

O câncer de pele é provocado pelo crescimento anormal das células que compõem a pele. Existem diferentes tipos de câncer da pele que podem se manifestar de formas distintas, sendo os mais comuns denominados carcinoma basocelular e carcinoma espinocelular – chamados de câncer não melanoma – e que apresentam altos percentuais de cura se diagnosticados e tratados precocemente. Um terceiro tipo, o melanoma, apesar de não ser o mais incidente, é o mais agressivo e potencialmente letal. Quando descoberta no início, a doença tem mais de 90% de chance de cura.

De acordo com Jade Cury, Coordenadora do departamento de Oncologia Cutânea da Sociedade Brasileira de Dermatologia, "Em todos eles, a exposição excessiva e sem proteção ao sol é o principal fator de risco que pode desencadear a doença, que pode se manifestar como uma pinta ou mancha, geralmente acastanhada ou enegrecida; como uma pápula ou nódulo avermelhado, cor da pele e perolado (brilhoso); ou como uma ferida que não cicatriza".

Uma equipe da Fundação Cristiano Varella, realizou um trabalho intenso durante a manhã de sábado e juntamente com a equipe da Campanha de Prevenção e Ambulatório de Triagem, atenderam gratuitamente 87 pessoas, sendo 17 encaminhados para o Hospital do Câncer de Muriaé.  

O evento também contou com o apoio da Prefeitura Municipal de Muriaé e as seguintes áreas: Núcleo de Atendimento da Assistência Social, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Secretaria Municipal de Saúde de Muriaé.

Compartilhe