X

Grupo Conviver é criado para apoio psicológico dos hóspedes da Casa de Apoio


Em 19/07/2017 às 11h20

Com o objetivo de alcançar a maior quantidade possível de pessoas, além de ser uma oportunidade para troca de experiências e fortalecimento psicológico dos pacientes e acompanhantes hospedados na Casa de Apoio para encarar o tratamento contra o câncer, foi criado o Grupo Conviver. Nesta quarta-feira (19) foi realizado na Casa de Apoio da Fundação Cristiano Varella o segundo encontro do grupo, que acontece todas as quartas-feiras, às 8h30. As reuniões são dirigidas por Samara Dias, psicóloga da Unidade de internação clínica do Hospital do Câncer de Muriaé e da Casa de Apoio. 

O tema abordado por Samara na ocasião foi autoestima, através de dinâmica utilizando bolas de soprar, leitura de texto previamente selecionado para a reunião, entre outras ações. A psicóloga lembrou aos participantes que estar bem deve ser algo que não dependa apenas de outras pessoas, ou circunstâncias, "o ideal é que a gente se sinta bem também reconhecendo as coisas boas que a gente tem, nossas qualidades", disse ela ao explorar o tema em um bate-papo com os presentes.    

De acordo com Samara, a ideia de instituir esse tipo de atividade surgiu, a partir do momento que houve a percepção de que a demanda dos hóspedes (pacientes e acompanhantes) da Casa de Apoio era diferente e exigia atividades mais dinâmicas e atrativas. 

Durante as reuniões são realizadas atividades de arte-terapia, dinâmicas, abre-se espaço para que as pessoas possam se manifestar, no sentido de emitir opiniões, trocar experiências vividas, "para que um possa fortalecer o outro com sua experiência", completou Samara. 

Para a realização das atividades do "Conviver" foi feita uma parceria interna com a Gestão Ambiental da Fundação Cristiano Varella, que fornecerá material ao grupo para ações de reciclagem durante os encontros. 
Compartilhe