X

Humanização e Voluntariado


Serviço Voluntário

Para ser voluntário da Fundação Cristiano Varella é necessário ser maior de idade, encarar o câncer com naturalidade e não demonstrar descaso e desrespeito aos pacientes e familiares. Também é necessário que o voluntário tenha disponibilidade de tempo, compromisso e comprometimento com os horários previamente estabelecidos, sendo obrigatório passar pelo processo seletivo da FCV e realizar o processo de capacitação para início das atividades.

A Fundação Cristiano Varella disponibiliza de segunda a sexta, no período de 8h às 17h, o telefone (32) 3729-7065 para informações e agendamento dos cadastros das pessoas interessadas em trabalho voluntário.




Áreas disponíveis

Conheça algumas áreas de atuação para o Serviço Voluntário na Casa de Apoio e no Hospital do Câncer de Muriaé da Fundação Cristiano Varella:


SETOR DE BAZAR: Voluntários encarregados de receber as doações e organizar as que estiverem em bom estado de conservação, contribuindo para a posterior revenda e também controlando a comercialização;

SETOR DE ARTESANATO: Voluntários encarregados de produzir peças e materiais diversos de artesanato, que serão posteriormente comercializados para captação de recursos extras;

SETOR DE COSTURA: Setor direcionado para os voluntários interessados em trabalhar costurando peças doadas com defeito para o Bazar, uniformes e/ou roupas para os pacientes, conforme demanda;

SETOR DE ARRECADAÇÃO: Este setor vista que os voluntários façam arrecadação de alimentos, chocolates, calçados, roupas, brinquedos, móveis usados e demais itens que forem necessários arrecadar em prol da instituição, seja em condomínios, supermercados, bairros, escolas e/ou empresas, conforme demanda;

SETOR DE EVENTOS: Voluntários encarregados de ajudar na organização dos eventos internos e externos da instituição ao longo do ano, promovendo e ajudando a vender ingressos e, também, participando no dia da realização do mesmo;

SETOR DE APOIO: Setor direcionado para quem pode auxiliar como voluntário em áreas internas da instituição, administrativas ou assistenciais;

SETOR DE HUMANIZAÇÃO: É o setor responsável por todos os tipos de trabalho voluntário que envolve o contato direto com o paciente, tais como:

  • Visitas solidárias não religiosas;

  • Trabalhos religiosos (Visitas, Missas e Comunhão);
  • Grupos musicais;

  • Oficinas do Riso;

  • Oficinas de jogos e recreação;
  • Contação de Histórias;

  •  Pedagogia Hospitalar;
  • Distribuição de refeição nos ambulatórios.




Critérios para tornar-se voluntário:

  • Ser maior de idade;
  • Ser cadastrado na Supervisão de Voluntariado da FCV;
  • Ter condições básicas de higiene e saúde;
  • Ter documentação civil regularizada;
  • Não ser portador de qualquer dependência química;
  • Capacidade de enfrentar a finitude humana;
  • Ter equilíbrio mental e emocional;
  • Capacidade de dialogar.





Processo Seletivo:

O processo de inscrição e seleção para o Serviço Voluntário na Casa de Apoio e no Hospital do Câncer de Muriaé da Fundação Cristiano Varella acontece da seguinte forma:


image


  • Num primeiro momento, o interessado receberá as orientações gerais pessoalmente e vai fornecer seus dados pessoais (nome, CPF ou RG), sua disponibilidade de dia e horário e o setor que desejaria atuar como voluntário, preenchendo o Cadastro de Interesse e enviando para o e-mail voluntariado@fcv.org.br;

  • A Supervisão do Serviço Voluntário filtrará o referido cadastro para verificar compatibilidade da disponibilidade do interessado com o horário de funcionamento do setor desejado. Se houver compatibilidade e vaga disponível no setor desejado, o interessado poderá ser encaminhado para entrevista com o coordenador do setor, para verificar se possui habilidade e comprometimento para trabalhar na referida área;

    > Se o interessado for paciente em tratamento ou controle do câncer deverá apresentar atestado do seu médico autorizando o serviço voluntário;
          > Se a pessoa estiver interessada em trabalhar no setor de PALESTRAS, esta deverá apresentar cópia da sua carteira de registro profissional;

          > Se a pessoa estiver interessada em trabalhar no setor de RELIGIÃO, esta deverá apresentar carta assinada pelo seu líder, bispo ou pastor presidente de sua instituição religiosa, constando seu nome e dos demais representantes que farão as visitas, estando subordinados às normativas da instituição quanto aos melhores horários para as visitas religiosas;

          > Se a pessoa estiver interessada em trabalhar no setor de HUMANIZAÇÃO, esta deverá apresentar uma proposta de trabalho para análise e aprovação da Diretoria Técnica e estará suscetível à entrevista com os setores de Psicologia e Serviço Social. Se não tiver um projeto específico, esta pessoa poderá realizar Visitas Solidárias, ou participar de projetos já existentes na instituição;


  • Após filtragem e seleção do interessado, este deverá participar do processo obrigatório de Capacitação que a instituição oferece. Ao final da capacitação haverá o preenchimento do Termo de Adesão, caracterizando e autorizando a pessoa a exercer o trabalho voluntário proposto. O interessado que não puder participar da capacitação deverá aguardar a próxima para início do trabalho;

  • O processo de Capacitação de voluntários recrutados e selecionados contempla informações gerais sobre o papel da FCV e o que se espera do voluntário; além da apresentação e entrega de uma cópia deste Manual do Voluntariado e do Regimento Interno, onde constam as normativas para desenvolvimento do serviço voluntário.

  • O voluntário deve estar sempre atento às Normas previstas neste Manual.
 




Direitos e Deveres:

O Voluntariado constitui uma atividade participativa, positiva e atuante na sociedade, oferecendo de forma desinteressada o tempo e disponibilidade para ajudar os outros e/ou reforçando a defesa de causas nobres. Não tem fins lucrativos, credo religioso ou cunho político-partidário.

O trabalho voluntário é uma ação de qualidade, feito com prazer em direção a uma solução que não precisa ser necessariamente grande, mas que precisa ser eficiente.

É importante que a pessoa interessada entenda que ao assumir o compromisso de ser voluntário em alguma área ou demanda específica, ela estará assumindo uma responsabilidade não apenas com a instituição, mas também com toda a comunidade que a FCV atende. Portanto, é importante escolher com cuidado o trabalho que deseja fazer para só se comprometer com o que de fato puder realizar.



Clique aqui e acesse o MANUAL DO VOLUNTÁRIO.

Clique aqui e baixe o CADASTRO DE INTERESSE. Após preenchido, envie para o e-mail voluntariado@fcv.org.br e aguarde o retorno.



Compartilhe