www.fcv.org.br

Artigos

27/02/2018 - 13h47m

Versão para impressão
Enviar por e-mail
Na noite do dia 26 de fevereiro, foi inaugurada em Cataguases a nova sede da Energisa Minas Gerais. Além da inauguração, a data comemorou o aniversário de 113 anos do Grupo Energisa.

O idealizador e o diretor da Fundação Cristiano Varella, Lael Varella e Sérgio Henriques, marcaram presença no evento do empresário, amigo e presidente do Conselho de Administração da Energisa, Ivan Muller Botelho.

A nova sede foi projetada pensando na união entre sustentabilidade e tecnologia, levando em conta os aspectos econômico, ambiental, social, além de conforto e saúde com o objetivo de oferecer melhores condições de trabalho aos colaboradores, respeitando o meio ambiente. Ainda há na sede um sistema de coleta de água de chuva e climatização para uso na limpeza e jardinagem. Uma obra de 9 mil metros quadrados, que contratou mais de 20 empresas e gerou 150 empregos diretos.

Em sua fachada, a sede possui o painel "Céu Modernista", obra criada por Mônica Botelho e Cláudio Rodrigues, executada pela equipe da Energisa e comandada pelo engenheiro Vicente Costa. O painel é mais que uma homenagem à arquitetura moderna brasileira, representa o aparecimento de uma empresa de energia elétrica em uma região ainda rural, Zona da Mata Mineira, na primeira década do século passado, no início do seu processo de industrialização.

A cerimônia contou com a presença dos prefeitos, vereadores, representantes de indústrias, comércios e diversas outras autoridades dos municípios de Cataguases, Muriaé, Santana de Cataguases, Miraí e Dona Eusébia. 

Fonte e fotos: Silvan Alves e Mídia Mineira