www.fcv.org.br

Artigos

Imprensa

23/06/2017 - 15h02m - Atualizado em 23/06/2017 - 15h04m

Versão para impressão
Enviar por e-mail
Com o objetivo de esclarecer sobre a importância de uma alimentação saudável, visando também a prevenção de doenças gastrointestinais para uma melhor qualidade de vida dos colaboradores, foi realizado na Fundação Cristiano Varella um treinamento baseado no tema "Alimentação Saudável x Doenças Gastrointestinais".

A capacitação foi direcionada para os colaboradores da instituição e aconteceu na quinta-feira (22), repetindo na sexta-feira (23), em quatro horários diferentes - 9h, 10h, 14h e 15h, para que todos os colaboradores pudessem participar.

A iniciativa foi realizada pela Gestão de Pessoas/SESMT- (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho) em parceria com a Nutrição Clínica, no Auditório do Bloco II, do Hospital do Câncer de Muriaé da Fundação Cristiano Varella. 

O treinamento foi ministrado em forma de palestra por Aline Carare Candido, Patrícia Dutra de Vargas, Rafaella Hipólito Ledro e Thaísa Agrizzi Verediano, estagiárias de Nutrição da Fundação Cristiano Varella, acadêmicas da Universidade Federal do Espírito Santo. 







22/06/2017 - 10h51m

Versão para impressão
Enviar por e-mail

Para levar alegria e descontração ao ambiente e ao público presente, foi realizada na noite desta quarta-feira (21), a já tradicional Festa Junina da Casa de Apoio da Fundação Cristiano Varella. O evento, que é promovido todos os anos nesta mesma época, foi direcionado para os hóspedes da Casa de Apoio, entre eles pacientes e acompanhantes.

A festividade teve início por volta das 18h30 com bingo, que teve como prêmios, produtos doados por pacientes da própria Casa. Em seguida, para aquecer o frio e colocar todos para cantar, dançar e se alegrarem, Toinzim do Acordeon e Vinícius Dias, se apresentaram. O show foi uma doação feita pelos artistas. Caldos típicos, pipoca e algodão doce foram alguns dos atrativos do evento.

Durante a programação também teve sorteio de uma rifa que presenteou a ganhadora, Silvia Cristina Leite, da cidade de Lajinha, com uma colcha de fuxico, doada por uma ex paciente da Casa de Apoio. 

Sérgio Dias Henriques, diretor administrativo da Fundação Cristiano Varella esteve presente na festa. Na ocasião ele ressaltou, "mesmo com a crise procuramos fazer o máximo e o melhor, com qualidade e segurança, para nossos pacientes". José Alexandre Alves, gerente administrativo da Fundação Cristiano Varella também compareceu para prestigiar o evento.

Para encerrar foi comemorado pelo público presente aniversário de casamento de um casal que encontra-se hospedado na Casa de Apoio. 

A Fundação Cristiano Varella agradece aos colaboradores e voluntárias da Casa de Apoio que se empenharam e se esforçaram ao máximo para que a festividade fosse um sucesso. Também manifesta sua gratidão à Medina Festas. E ainda a doação do Suco Tial, na pessoa de Maria Aparecida. 







22/06/2017 - 07h56m - Atualizado em 22/06/2017 - 08h01m

Versão para impressão
Enviar por e-mail
O setor de Biologia Molecular do Hospital do Câncer de Muriaé da Fundação Cristiano Varella concluiu uma importante etapa em sua implantação, teve seus primeiros laudos liberados relacionados a alguns tipos de câncer do sangue, como as leucemias.

Alguns pacientes cederam voluntariamente amostras biológicas para que o setor pudesse testar as ferramentas diagnósticas relacionadas ao processo de validação do mesmo. E como reconhecimento desta importante participação, nesta quarta-feira (21), Sérgio Dias Henriques, diretor administrativo da Fundação Cristiano Varella, Luciana de Andrade Agostinho, supervisora do setor de Biologia Molecular e Tiago César Gouvêa Moreira, auxiliar de laboratório, entregaram uma carta de agradecimento para dois pacientes representando todos os demais, que também cederam suas amostras. Os outros pacientes também receberão a carta de agradecimento via correios. 

Segundo Luciana, o ato de colaboração dos pacientes que cederam amostras além de representar um benefício individual, também proporciona um benefício coletivo para todos aqueles que precisarão futuramente dos testes, "uma vez que o mesmo auxilia na realização de um tratamento adequado em menor tempo", disse ela.  

A implantação do setor de Biologia Molecular do Hospital do Câncer de Muriaé tem como objetivo oferecer diagnósticos genéticos e moleculares de precisão, importantes nas etapas de prevenção, rastreamento e tratamento do câncer. Fruto de uma necessidade regional, na qual há escassez de serviços de diagnóstico molecular, este setor permitirá com que a população tenha acesso a variados testes genéticos relacionados ao câncer.






14/06/2017 - 17h24m

Versão para impressão
Enviar por e-mail

O Hospital do Câncer de Muriaé da Fundação Cristiano Varella vem a público denunciar mais uma tentativa de golpe que estariam tentando aplicar envolvendo o nome da Fundação. Esta prática tem se tornado recorrente nos últimos dias, por isso é preciso atenção redobrada de todos.

O golpe que vem sendo aplicado é através de contato telefônico de um suposto médico do Hospital com familiares de pacientes internados.

O estelionatário alega que o paciente teve uma piora no quadro e que a família precisa depositar, o mais rápido possível, um determinado valor em dinheiro para pagamento de um remédio ou procedimento que não seria fornecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O Hospital do Câncer de Muriaé repudia qualquer tipo de prática criminosa e alerta à população contra esse golpe. A instituição possui um setor de Telemarketing que entra em contato com as pessoas, mas em hipótese nenhuma cita o nome de alguém em tratamento no Hospital. O setor pede doações para auxiliar na manutenção e continuação dos serviços prestados pelo hospital, sem nunca citar nomes ou tentar coagir a família de um paciente sob alegação de piora no estado de saúde do mesmo.

É importante que todos fiquem alertas e, caso recebam alguma ligação desse tipo, a Fundação Cristiano Varella orienta a comunicar imediatamente no telefone do Hospital (32) 3729-7000 ou de preferência pessoalmente, e sugere que entre em contato também com a Polícia para registro de Boletim de Ocorrência.

Caso seja a pessoa que receber a ligação seja doador da Fundação Cristiano Varella e tenha algum tipo de dúvida, entre em contato com o Telemarketing da instituição através do telefone: (32) 3729-7005.






Diretor da Fundação Cristiano Varella participa da Assembleia Anual da ABIFICC

Evento aconteceu em São Paulo nos dias 30 e 31 de maio

14/06/2017 - 09h47m - Atualizado em 14/06/2017 - 10h01m

Versão para impressão
Enviar por e-mail
Nos dias 30 e 31 de maio, as associadas da ABIFICC (Associação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Combate ao Câncer) se reuniram em São Paulo para realizar sua Assembleia anual. Na abertura do encontro, o presidente da Associação, Pascoal Marracini, apresentou o Relatório Administrativo da Diretoria Executiva de 2016, contendo o Balanço Patrimonial, o Demonstrativo de Receitas e Despesas, as produções dos associados junto ao DATASUS nas áreas de quimioterapia, braquiterapia, cirurgias oncológicas e internações clínicas em oncologia.

O Professor Doutor Carlos Eduardo de Almeida fez uma exposição aos associados do Programa Nacional de Formação em Radioterapia, promovido pela Fundação de Câncer, que objetiva atualizar profissionais que trabalham em estabelecimento de saúde públicos, filantrópicos ou privados que atendam o SUS, por meio de cursos de especialização.

No final das apresentações, a ABIFICC reuniu as Sociedades Brasileiras de Cirurgia Oncológica, Radioterapia, Oncologia Pediátrica e de Cancerologia para uma discussão da visão das sociedades e entidades frente a Política Pública de Câncer. "A Assembleia registrou um momento ímpar pelo alto nível de discussão e da possibilidade de criação de um colegiado para atuar unidos nas propostas de câncer", afirmou Pascoal Marracini.

No segundo dia o Dr. Eronides Batalha, do Ministério da Saúde, discursou sobre o Grupo de Trabalho de radioterapia e as propostas para um novo modelo de remuneração aos hospitais.

A Assembleia foi encerrada com a apresentação da Dra. Tânia Mara Valle Arantes, da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde sobre o Programa de Radioterapia. "Eventos como estes são ótimas oportunidades de debater novas ideias, pensar em melhorias e fortalecer o setor filantrópico de oncologia", concluiu Pascoal Marracini.

Durante a Assembleia, foi eleita a nova Diretoria Executiva e Conselho Fiscal para o triênio 2017/2020. Confira:

PRESIDENTE
Pascoal Marracini
Instituto de Câncer Arnaldo Vieira de Carvalho – ICAVC

VICE-PRESIDENTE
Mara Fernandes
Hospital de Câncer de Londrina


SECRETÁRIO
Humberto Luciano de Sousa 
Liga Bahiana Contra o Câncer

TESOUREIRO
Sérgio Dias Henriques
Fundação Cristiano Varella

VOGAL
Antônio Carneiro Arnaud
Fundação Laureano

CONSELHO FISCAL
Ricardo José Curioso da Silva
Liga Norte Riograndense Contra o Câncer

Silvia Dino
Fundação Dr. Antônio Jorge Dino

Weslene Vargas Moura
Associação Feminina de Educação, Prevenção e Combate ao Câncer

FONTE: ABIFICC






13/06/2017 - 16h41m - Atualizado em 13/06/2017 - 17h25m

Versão para impressão
Enviar por e-mail

É comemorado em 14 de Junho o "Dia Mundial do Doador de Sangue". A data foi instituída em 2005, pela Organização Mundial de Saúde (OMS), com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância da doação de sangue e também para homenagear aqueles que já são doadores.

O Hospital do Câncer de Muriaé da Fundação Cristiano Varella precisa, em média, de 60 doadores por semana que totalizem 250 bolsas de hemocomponentes (componentes sanguíneos), conforme informou Verônica Demarque, farmacêutica e coordenadora da agência transfusional da Fundação Cristiano Varella.

Ainda de acordo com a coordenadora, o estoque de bolsas de sangue do hospital atualmente está satisfatório. "Mas, a previsão, com o feriado de Corpus Christi - 15 de junho, é de que aconteça uma queda no abastecimento", ressaltou Verônica e aproveitou para completar, "e no mês de julho, por causa do período das férias escolares, essa queda deve acentuar ainda mais", disse ela.

Conforme informações repassadas pela agência transfusional do Hospital do Câncer de Muriaé, nessa época do ano, não existe nada que sirva de impedimento para as pessoas doarem sangue. Aqueles que receberam a vacina contra a gripe ficam impossibilitados de doarem apenas por três dias após a aplicação da dose.

A doação de sangue é essencial para manter a vida e revigorar as forças daqueles que necessitam. Pois sangue é algo que não está disponível para a venda, os hospitais não conseguem comprar e os componentes sanguíneos são extremamente importantes para ajudar no tratamento do paciente. 

Doações de sangue para o Hospital do Câncer de Muriaé da Fundação Cristiano Varella podem ser feitas neste mês (junho), nas datas 14 e 28, no horário de 7h às 15h, na Policlínica do Safira. Os interessados em doarem sangue para a Fundação Cristiano Varella precisam apenas falarem que desejam doar para o Hospital do Câncer de Muriaé.

Se você já é um doador de sangue, aproveitamos essa data para lhe parabenizar e para aqueles que ainda não são, que possam adotar essa prática de solidariedade e amor ao próximo! 






09/06/2017 - 15h29m - Atualizado em 12/06/2017 - 08h09m

Versão para impressão
Enviar por e-mail

Com uma programação especial que estendeu durante toda a semana, de segunda (5) a sexta-feira (9), a Fundação Cristiano Varella celebrou o Dia Mundial do Meio Ambiente. A data é reservada no calendário em 5 de junho e foi instituída em recordação a primeira conferência da ONU - (Organização das Nações Unidas) sobre o assunto.

O Hospital do Câncer de Muriaé da Fundação Cristiano Varella, através da Gestão Ambiental, realizou a Semana do Meio Ambiente, com atividades como oficinas, palestras e até um "Dia de Campo" ao ar livre, para conscientizar os colaboradores sobre a responsabilidade que cada um tem na preservação ambiental.

Logo na segunda-feira (5), pela manhã, quando os colaboradores chegaram na instituição para trabalhar, foram surpreendidos com uma decoração estratégica que lembrava a natureza, a fim de despertar a conscientização do público interno da instituição sobre a importância da preservação do meio ambiente e envolver a todos num clima de "Dia Mundial do Meio Ambiente".

Oficinas e palestras que abordaram assuntos relacionados à preservação ambiental foram realizadas durante toda a semana para os colaboradores. Alguns dos temas abordados foram: "Reutilização de resíduos orgânicos" - quando também foi ensinado a produção de uma mini horta; "Por que economizar àgua?" - momento em que os participantes também aprenderam a confeccionar aquário; e outras.

Para encerrar a programação, nesta sexta-feira (9), às 14h, foi realizado um "Dia de Campo: Biomas - Mata Atlântica" às margens do Lago da Fundação Cristiano Varella. Aproveitando o lindo cenário natural os idealizadores da iniciativa propuseram levar os colaboradores para refletirem sobre cada atividade realizada durante toda a semana, sobre a importância da sustentabilidade para todos os seres vivos encontrados no meio ambiente e que a prática de preservação ambiental seja algo comum no dia a dia de todos, seja um estilo de vida.

Importância da data para a instituição

A Fundação Cristiano Varella estabeleceu em seu planejamento estratégico a Visão, "Ser um centro de excelência nacional no combate ao câncer, destacando-se pela sustentabilidade e qualidade", tendo também a sustentabilidade como um de seus Valores.

De acordo com Marcos Paulo de Souza, coordenador da Gestão Ambiental do Hospital do Câncer de Muriaé e idealizador da Semana do Meio Ambiente, "o meio ambiente é um dos pilares responsáveis pela sustentabilidade que faz parte do planejamento estratégico da instituição e ele só é adequadamente tratado a partir do momento que cada um fizer a sua parte", concluiu o gestor destacando a importância da data para a Fundação Cristiano Varella.







08/06/2017 - 17h00m - Atualizado em 08/06/2017 - 17h08m

Versão para impressão
Enviar por e-mail

A Fundação Cristiano Varella conquistou mais uma premiação nesta semana, o Prêmio "ENATS de Boas Práticas de Gestão do Terceiro Setor". Para receber a condecoração, a instituição foi representada pela coordenadora de Captação de Recursos e Marketing, Kátia Moreira, no 13º Encontro Nacional do Terceiro Setor (ENATS). O evento foi realizado em Belo Horizonte, nesta segunda e terça-feiras (5 e 6).

Nesta edição do encontro, o tema abordado foi "Transparência nas Relações Intersetoriais", visando encontrar estratégias viáveis para que governo, iniciativa privada e entidades possam encontrar um caminho comum.

O evento, que já tem mais de 20 anos de tradição, reuniu participantes de todo país entre representantes do governo, iniciativa privada e entidades do terceiro setor, no auditório do Cine Theatro Brasil, na capital mineira.

O objetivo do encontro foi de promover caminhos e fomentar o acesso de empresas que querem investir no terceiro setor. Além de capacitar representantes de instituições sociais que necessitam de recursos para buscar parcerias com iniciativa privada e governos. No evento, foram apresentadas experiências de sucesso, proporcionando aos inscritos uma ótima oportunidade de estreitar relacionamentos e expor projetos e ideias.

Neste ano, o encontro que teve aproximadamente 602 pessoas presentes nos dois dias de evento, representando 250 instituições, totalizou 34 organizações inscritas no edital para concorrer à premiação, referentes a nove estados diferentes. Dos concorrentes ao prêmio, apenas quatro cumpriram todos os requisitos exigidos, sendo a Fundação Cristiano Varella uma delas, comprovando assim, sua eficácia na gestão com transparência.

Sobre o prêmio

Esta foi a primeira edição do Prêmio ENATS de Boas Práticas de Gestão do 3º Setor e teve como objetivo reconhecer e divulgar boas práticas de gestão de Organizações Sem Fins Lucrativos em relação a transparência.

O reconhecimento de cada instituição contemplada com a premiação serviu para reforçar a imagem de quem já faz um bom trabalho na área. A divulgação dessas instituições tem como objetivo contribuir para que mais organizações possam se inspirar e também adotar esse mesmo tipo de prática.

Entenda o que é o Terceiro Setor

Dentro das organizações que fazem parte do Terceiro Setor, estão as ONGs (Organizações Não Governamentais), entidades filantrópicas, OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público), organizações sem fins lucrativos e outras formas de associações civis sem fins lucrativos.

Terceiro setor é uma terminologia sociológica que dá significado a todas as iniciativas privadas de utilidade pública com origem na sociedade civil. De um modo mais simplificado o terceiro setor é o conjunto de entidades da sociedade civil com fins públicos e não-lucrativos, conservados pela ênfase na participação voluntária em âmbito não-governamental.